Mario Rui Silva Duarte

Natural de Sines, cidade litorânea do Alentejo no sul de Portugal, Mário Rui inicia sua carreira futebolística no Sporting da capital Lisboa aos dez anos de idade e lá permanece até os dezoito anos quando recebe uma proposta para fazer parte da equipe juvenil do Valencia da Espanha em 2008. Permanece um ano nos Blanquinegres para em 2009 retornar a pátria, mas dessa vez para vestir a camisa do rival Benfica.

Na temporada 2010/11 passa a título de empréstimo para o Fátima, onde inclusive faz sua estréia como profissional acumulando vinte e cinco jogos e um gol com os granadas portugueses. O destaque lhe rende interesse do Parma que fecha acordo com o Benfica pelo passe absoluto do lateral.

Para se adaptar melhor ao futebol italiano, o clube gialloblu decide emprestá-lo ao Gubbio para disputar a Série B onde tem espaço e continuidade colecionando 31 presenças e dois gols. Na temporada seguinte (2012/13) passa a vestir a camisa do Spezia, sempre a título de empréstimo e lá vai a campo 23 vezes.

No verão de 2013 o Empoli se interessa pelo defensor português e no dia 31 de agosto de 2014 finalmente faz sua estréia na primeira divisão italiana. Nos três anos com os toscanos, Mario Rui se confirma acumulando 96 jogos e o destaque lhe rende interesse por parte da Roma que fecha com o jogador, a título de empréstimo, no dia 8 de julho de 2016 ao custo de 3 milhões de euros (mais bônus de 1,5 milhão de bonus) e a obrigação de compra ao final do contrato no valor de seis milhões de euros.

Durante os treinos preparatórios para a temporada 2016/17, o lateral português se lesiona em Boston rompendo o ligamento cruzado do joelho esquerdo e sua estréia é posterizada para o dia 19 de janeiro de 2017, pelas oitavas de final da Copa Itália na vitória sobre a Sampdoria por 4 a 0. Depois de apenas 9 presenças com a camisa giallorossa, Mario Rui oficialmente é confirmado no elenco romanista, também em função da lesão do colega de setor Emerson Palmieri.

Apesar do esforço do português, que demonstra grande explosão e agilidade na faixa esquerda, não consegue se enquadrar nas exigências do então técnico Luciano Spalletti, além de não conquistar a torcida com alguns altos e muitos baixos e desta forma acaba se transferindo a título de empréstimo para o Napoli no dia 13 de julho de 2017 com a obrigação de compra.

B I O S
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM

uCoz