André Grégoire Defrel

André inicia com um certo atrazo sua carreira de jogador, se comparado a maioria dos colegas de sua idade, com dezessete anos nos juniores do SCM Châtillon clube próximo a cidade natal Meudon, norte da França. Ao mesmo tempo por intermédio de um amigo, fica sabendo de uma seletiva do Parma e quase que automaticamente ocorre de ser pescado para continuar seu período de formação nas divisões de base do time gialloblu da Emilia Romagna.

Em 2011, aos vinte anos de idade passa para a equipe principal do Parma e no dia 22 de maio de 2011 faz sua estréia pela primeira divisão italiana entrando aos oitenta e um minutos no lugar de Modesta no empate de 1 a 1 com ao Cagliari em casa. Seria sua única participação, já que no dia 8 de julho se transfere para o Foggia a título de empréstimo até o final da temporada. No clube da Puglia, apesar de atuar em série inferior, obtém mais espaço tem como técnico o boêmio Zdenek Zeman e acumulando até o fim do campeonato de 2012 23 presenças e 4 gols.

No ano seguinte o Cesena se interessa pelo passe do jogador e chega a um acordo com o Parma com um contrato de co-propriedade. No dia primeiro de setembro de 2012 então Defrel faz sua estréia na derrota fora de casa por 3 a 1 diante do Vicenza. No mês seguinte marca seu primeiro gol a camisa bianconera assegurando a vitória sobre o Varese por 2 a 0. Termina sua primeira temporada com os romagnoli marcando 3 gols em 30 partidas. Seu contrato de co-propriedade é renovado e na temporada 2013/14 continua defendendo o Cesena pela Série B. No dia 18 de junho de 2014 marca um importante gol em uma disputa de playoff contra o Latina empatando o jogo em 1 a 1. No final a equipe bianconera de Defrel venceria o jogo por 2 a 1 e conquistaria a promoção a Série A. Conclui sua segunda temporada com um saldo de 36 partidas disputadas e 9 gols além da promoção da equipe.

No dia 25 de junho de 2015 o Cesena fica com o passe de Defrel pré estipulado por 51 mil euros, depois de decretada a falência do Parma, e resolve negociar o atacante com o Sassuolo meses depois. O custo da transação girou na casa dos sete milhões de euros (cerca de 28 milhões de reais) para os cofres da equipe bianconera e um contrato de cinco anos para Grégoire com o time neroverde.

Estréia com a nova equipe no dia 23 de agosto de 2015 na vitória interna sobre o Napoli por 2 a 1. No dia 21 de fevereiro realiza dois gols na vitória sobre o Empoli, feito que se repetiria somente no ano seguinte, mais precisamente no dia 19 de fevereiro de 2017 no jogo fora de casa contra a Udinese virando o marcador para 2 a 1 depois da derrota parcial por 1 a 0. No dia 19 de março abre o placar em pleno estádio Olímpico sobre a Roma, porém a parida seria revertida para 3 a 1 a favor da equipe giallorossa no final.

O primeiro tris de sua carreira vem no dia 28 de maio de 2017, durante a ultima rodada da temporada 2016/17, em um jogo diante contra o Torino finalizada em 5 a 3 a favor dos granadas. Com dezesseis gols na bagagem entre campeonato italiano e Europa League, Defrel se confirma como jogador mais prolífico da temporada pelo Sassuolo. Em se considerando as duas temporadas que vestiu a camisa neroverde, o atacante francês realizou 23 gols nas 73 vezes que foi a campo.

A Roma no dia 20 de julho de 2017, através de uma fórmula de empréstimo por cinco milhões de euros mais a obrigação de compra por 15 com outros 3 milhões a título de bônus, se considerada a hipótese de chegar aos objetivos esportivos pré estabelecidos, sela acordo com o clube neroverde, por intermédio até mesmo do então novo técnico Eusebio Di Francesco que treinava Defrel no Sassuolo.

Sua estréia com a camisa giallorossa ocorre já na primeira rodada do campeonato italiano 2017/18, no dia 20 de julho de 2017, na vitória fora de casa por 1 a 0 sobre o Atalanta, já sua primeira derrota na semana seguinte na derrota por 3 a 1 de virada diante da Inter de Milão.

Apesar de estar com o mesmo do técnico que o despontou no Sassuolo, Grégoire mostra uma dificuldade absurda em se adaptar na equipe giallorossa com apresentações muito abaixo da média, tanto que em vinte partidas consegue apenas marcar um gol, e para um homem de frente como ele é muito pouco. Deste modo no dia 27 de junho de 2018 o ponta é empresatado para a Sampdoria ao custo de 1 milhão e meio de euros com o direito de compra no final da vigência do acordo anual.

B I O S
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM

uCoz