Bruno da Silva Peres

Bruno inicia sua carreira profissional em 2009, aos dezenove anos de idade vestindo a camisa do surpreendente Audax. No mesmo ano é emprestado ao Bragantino e até o final da temporada. Com os dois clubes disputa uma série de 34 partidas, além de 3 gols. Em 2011, mais uma vez a título de empréstimo, passa para o Guarani de Campinas e lá acumula outras 33 presenças entre Série B (16) e campeonato paulista (17).

Na temporada 2012/13 assina contrato com o Santos, inicialmente por fórmula de empréstimo também e depois mais tarde com a sua aquisição definitiva por parte do time do litoral paulista. Com o peixe faz caminho e ganha notoriedade acumulando 68 jogos e quatro gols nos dois anos que defendeu o time da baixada.

No dia primeiro de setembro de 2014 o Torino entra em comum acordo com o Santos e compra o passe do lateral por dois milhões e duzentos mil euros (cerca de seis milhões e oitocentos mil reais). Sua estréia pela primeira divisão do campeonato italiano ocorre no dia 21 de setembro de 2014, entrando no lugar de Molinaro, onde o time granada perderia a partida por 1 a 0 no final. No dia 30 de novembro faz seu primeiro gol na Série A: após ter conduzido a bola por quase todo o campo, marca o gol de empate sobre a Juventus (1-1) no derby de Turim. Deixa o Torino depois de 2 temporadas de serviços prestados totalizando 68 jogos e marcando 4 gols.

A Roma, no dia 16 de agosto de 2016, oficializa acordo com o Torino pela aquisição de Bruno Peres a título de empréstimo no valor de 1 milhão de euros, com a obrigação de compra se alcançado objetivos esportivos, estipulado em 12 milhões e quinhentos mil euros (cerca de quase cinquenta milhões de reais) mais bônus na faixa de um milhão e meio.

Estréia com a camisa giallorossa no dia 20 de agosto na vitória por 4 a 0 sobre a Udinese. Seu primeiro gol ocorre no dia 29 de janeiro de 2017, sobre a Sampdoria aos cinco minutos do primeiro tempo, porém inútil já que a Roma perderia a partida por 3 a 2.

Seu rendimento na primeira temporada como romanista fica entre altos e baixos. A equipe sofre e depende muito das jogadas produzidas nas laterais, mesmo assim consegue acumular 30 presenças, marcando 2 gols. No final da temporada, após a conquista dos resultados esperados estipulados em contrato, o clube da capital executa o contrato e adquire definitivamente o passe do lateral paulista.

Lateral direito bastante flexível, podendo atuar tanto em uma defesa a quatro retornando, ou meio campo a cinco, graças também a sua boa resistência física, Bruno demonstra cada vez mais se especializar no setor que joga. Sabe conduzir e dar impulso ao ataque quando parte pro campo adversário com algumas jogadas de penetração interessantes e assistências, porém sofrendo muito ainda quando o assunto é fase defensiva. Para Peres chegar ao ideal ainda precisa de um pouco mais de concentração na defesa e ousadia no ataque, para aí sim ser completo e diferenciado.

Faz duas grandes temporadas com a Roma de 2016 a 2017/18, acumulando 69 jogos, além de dois gols, porém não o suficiente para convencer o técnico Eusebio Di Francesco mantê-lo na equipe e deste modo, no dia 6 de julho de 2018 é emprestado ao São Paulo Futebol Clube por 1 milhão e 400 mil euros até o dia 31 de dezembro de 2018 com direito de compra fixado em 8 milhões, porém o clube paulista decide não exercer.

B I O S
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM

uCoz