VÍTIMAS OU VILÕES
Difícil saber depois de situações como essa, mas que a sigla VAR sempre dá a entender: Vetado A Roma, isso sem dúvida é cada vez mais evidente. Mas convenhamos, Kevin, ao que tudo indica e evidentemente comprova, era figurinha carimbada do Sr Orsato devido a sorrateira pernada auferida aos primos em derby passado, cedo ou tarde sua sentença seria decretada. No entanto, foi a Roma a pagar com juros e correções. No entanto desde a crise instaurada na eliminação para o Torino na Copa Italia (2-1), o time vem numa constante de resultados pífios: de derrotas (duas em casa) e 3 empates. Não se pode dizer que todas essas partidas foram resultados do coitado do árbitro ou do sistema que tem sido positivo no campeonato em geral. Isto posto o que mais irrita o torcedor giallorosso nesse momento é que alternativas para suprir um navio cada vez mais a deriva não surgem: estamos no dia 24 de janeiro e nada de soluções dignas para corrigir esse time. Bem pelo contrário, o que se lê na imprensa, ainda, por pior absurdo que se possa parecer, é de que Edin Dzeko pode estar indo para Inglaterra. Cedo ou tarde o preço dessa morosidade irá ser cobrado com juros e correção, e aí quero ver como irão administrar a impaciência feroz do torcedor romanista.

Síntese: La Repubblica

Dzeko afunda mais uma vez a Sampdoria e agora Londres parece mais distante

Por: Francesca Ferrazza

A mesma crônica de dificuldade de marcar, os erros arbitrais de Orsato e um período no qual parte realmente tudo dar errado. Não obstante tudo isso a Roma consegue em extremo empatar o duelo com a Sampdoria (1-1), graças a um gol de Dzeko, servido pelo jovem de dezoito anos Antonucci. Mas foi o arbitro Orsato a se tornar evidencia no Twitter em poucos minutos. Se torna de fato rapidamente o alvo dos protestos romanistas, em campo, e na web, por ter ignorado a falta sobre Strootman, fazendo prosseguir a ação que depois levou ao pênalti para a Sampdoria. O vídeo do momento no qual o bandeirinha assinala o evento a favor da Roma, replica milhares de vezes nas mídias sociais, com a hashtag “Orsato” citado quase tantas vezes quanto a palavra “Var”. “Apita tudo contra a Roma desde o primeiro minuto”, ou ainda, “Tem conta aberta com Strootman desde o derby do ano passado”, uma das vozes virtuais que relembram o precedendo do pênalti concedido aos giallorossi contra a Lazio, justo por simulação do holandês. A maior parte dos torcedores não explicam como, na época da assistência de video em campo, pode ocorrer erros assim tão evidentes.

Quem sabe o quanto se pergunta Dzeko, ontem a noite autor do gol de empate. Edin era dúvida para a partida que inevitavelmente lhe aponta refletores sobre. O centroavante permanece então como ponto fixo para Di Francesco que até quando puder tê-lo a disposição, o mandará a campo. Depois de dias sem entrar diretamente sobre a questão, se não em geral sobre o mercado, ontem foi Monchi a esclarecer para todos, feriando a negociação com o Chelsea para a transferencia do atacante. “Como todos os clubes do mundo escutamos as ofertas de todos, não apenas por Edin - rebate o diretor esportivo giallorosso - escutamos e depois decidimos. O rapaz está aqui, então significa que as ofertas chegadas até agora não interessam”. Estratégia de mercado ou encerramento de negociação com o clube londrino? E mais dúvidas da Roma ou de Dzeko? “Não sei se chegou uma oferta ao jogador - continua Monchi - não sou seu procurador, mas falo da Roma: nesse momento as ofertas chegadas não nos agradam e não as aceitamos”. Aquele “nesse momento” deixa aberto algum colóquio, com o manager bósnio do número nove que nas próximas horas estará em Londres para entender se existem margens para um contrato até 2020: o Chelsea para os acima de 30 faz apenas contratos anuais.

@francescaferraz

SAMDPDORIA (4312): Viviano; Bereszynski, Silvestre, Ferrari, Strinic (73′ Murru); Linetty, Torreira, Praet (81′ Barreto); Ramirez; Quagliarella (51′ Caprari), Zapata A disp.: Puggioni, Tozzo, Andersen, Sala, Alvarez, Regini, Capezzi, Verre, Kownacki Téc.: Marco Giampaolo

ROMA (433): Alisson, Florenzi, Manolas, Fazio, Kolarov, Pellegrini (81' Gerson), Strootman, Nainggolan, Defrel (63' Schick), Dzeko, Under (73' Antonucci)

Cartões: 15’Dzeko, 38’Linetty, 61’Strootman, 92’Florenzi

F I C H A
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM

uCoz