P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XIV
ROMA
CULT
ULTRAS
2017/18
TOTTI
FELLAS
News (Di Francesco) Schick não deve se contentar. Champions? Tentaremos repetir (16)É poker, Roma goleia a Samp (15)Roma-Samp amanhã na Rai (18)(Di Francesco) Schick jogará, Pastore não convocado (23)(Zaniolo) a estréia foi um sonho (26)Biografia de Totti entre os mais vendidos da Itália (21)Três bigs interessadas em Under (22)Juve e Roma a caça de Pépé do Lille (20)(Fazio) Devemos vencer a Samp (15)Di Francesco nervoso, mas jovens evoluindo (28)
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Fellas Brasil
P R Últimos Tópicos
Boteco Giallorosso
Nainggolan
Kovacic
Cristante
Estádio
P R Blog
P R Tirinhas
P R Portaland
P R Store
P R Sondagem
Avalie o trabalho de Di Francesco
Total de enquetes: 21
Roma: capital do futebol também
Postado por: lupulus 18 Dez 2017 às 23:47

Os últimos noventa minutos mudaram o vértice da classificação e as avaliações. Em um golpe apenas o Napoli retomou a liderança do campeonato afastando as sombras de crise, enquanto a Inter perdeu a invencibilidade desencadeando dúvidas sobre sua real consistência. Difícil dizer se a equipe de Sarri resolveu os problemas e se a de Spalletti já fez o que podia, de certo a Itália futebolística desde o inicio do torneio tem muita vontade de um duelo scudetto Napoli-Juventus e de ver os times de Milão protagonistas. Perdida entretanto a esperança para o Milan, e as atenções voltam sobre outras três equipes, ao ponto que Roma e Lazio parecem quase um incomodo.

Se fala porque é impossível ignora-las, mas se percebe a pouca convicção. E também, com a classificação nas mãos, Roma é de fato a atual “capital” do futebol italiano. Talvez os dois clubes não conquistarão o título, mas nesses anos, por continuidade societária, valor de jogadores e prestações, mereceriam maiores considerações. É a semana de Juventus-Roma, um duelo que visto o inusitado equilíbrio dará, a prescindir do êxito, uma nova cara a classificação. Bianconeri e giallorossi estão em crescimento, as melhores nos últimos seis turnos. Allegri tirando um ponta reencontrou solidez defensiva mantendo o ataque eficiente. Di Francesco concentrando a defesa está em busca de melhores soluções ofensivas, mas no entanto vence. Se para a Juventus mantém no banco o momento negativo de Dybala, para a Roma não se fala do empenho de Schick. Não é difícil imaginar que o argentino voltará em breve a ser protagonista, assim como e onde deve jogar o tcheco, não pode ser considerado um problema, mas apenas um grande recurso a mais da Roma.

Fonte: Il Messaggero
P R Avalie
Portale Romanista Brasil © 2004