P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XV
FELLAS
FORUM
BLOG
TOTTI
RESENHAS
TIRINHAS
News Quem é Dan Friedkin?A Roma é de FriedkinDzeko alcança Volk e Roma a fase de grupos da UEL3 nomes para o pós PetrarchiZaniolo não é um caso e Dzeko não está descontenteZaniolo, do golaço ao abraço em ManciniMenos burocracia, mais agilidade para o Stadio della RomaCeres pede desculpa para Roma e Bruno PeresTítulo e gol sobre a Lazio, o pé de coelho de Totti
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Forum
Botéko Giallorosso
Venda da Roma
SEVILLA 2-0 ROMA
JUVENTUS 1-3 ROMA
TORINO 2-3 ROMA
Pretenções
ROMA 2-1 FIORENTINA
Salários
SPAL 1-6 ROMA
P R Blog
P R Tirinhas
Serie A: Fazio, braço involuntário mas…
17/12/2017 às 09:14

ROMA - Honestamente desastroso a arbitragem de Damato (Edmondo Pinna - Corriere dello Sport), por sorte o salva o VAR em ocasião do pênalti (tido antes como uma simulação), depois não se concede uma falta (mais clara) de Andreolli sobre Fazio, um pisão de Pisacane em Schick no chão, e o gol decisivo de Fazio, com a bola no peito sobre o braço esquerdo.

QUE FIGURA! - Vamos partir do pênalti assinalado. Damato, com uma pitada de protagonismo, assinala amarelo a Dzeko, que como única culpa o fato de deixar ali o pé esquerdo. Depois chega Cragno e o aterra com o ombro direito. O VAR (Guida) sugere o review (ah, quanto custa Giacomelli!), que chega, com essa inversão de 180 graus da primeira decisão (amarelo para Dzeko incluso o comunica a De Rossi que é o capitão).

ALÉM DO PÊNALTI - Para a Roma, porém, falta um outro pênalti: Andreolli aterra  claramente Fazio em ocasião de um escanteio, desta vez Guida não acha correto informar, Damato não vê e assim passa.

REAÇÃO - Pisacane golpeia duas vezes Schick no vazio: o primeiro (parece…) involuntário, o segundo…

GOL DECISIVO - Chegamos ao gol decisivo: posto que van der Wiel concentra todo o jogo na cobrança de falta de Kolarov, Cragno sai de punho e expede a bola sobre Fazio. A bola primeiro golpeia o peito, depois o braço esquerdo de Fazio que não está em posição natural para um que corre, então vem o gol. Involuntário, e se pode, e é justo: mas a dúvida permanece ligado ao fato entretanto que se assinalou um gol com um toque de mão.

Fonte: Corriere dello Sport
P R Avalie

Portale Romanista Brasil © 2004
uCoz