P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XV
FELLAS
FORUM
BLOG
TOTTI
RESENHAS
TIRINHAS
News Quem é Dan Friedkin?A Roma é de FriedkinDzeko alcança Volk e Roma a fase de grupos da UEL3 nomes para o pós PetrarchiZaniolo não é um caso e Dzeko não está descontenteZaniolo, do golaço ao abraço em ManciniMenos burocracia, mais agilidade para o Stadio della RomaCeres pede desculpa para Roma e Bruno PeresTítulo e gol sobre a Lazio, o pé de coelho de Totti
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Forum
Botéko Giallorosso
Venda da Roma
SEVILLA 2-0 ROMA
JUVENTUS 1-3 ROMA
TORINO 2-3 ROMA
Pretenções
ROMA 2-1 FIORENTINA
Salários
SPAL 1-6 ROMA
P R Blog
P R Tirinhas
Roma: Fúria Pallotta, Di Francesco na mira
08/12/2018 às 22:27

A primeira impressão é claríssima: a paciência do mundo giallorosso parece realmente ter acabado. O empate com o Cagliari em 9 contra 11 anulou qualquer freio inibitório e a fúria é enorme.

DI FRANCESCO EM RISCO - Mas se o torcedores está fervendo, a fúria do presidente Pallotta - dos EUA - se percebe em tom forte e claro. O número um não tolera mais esse tipo de bizarrice, de final de livro de piadas, e assim o comando de Eusebio Di Francesco volta a ficar em forte risco desde hoje. Do outro lado, está justamente o treinador da Roma (por mudanças) e o diretor esportivo Monchi (pelo mercado) os primeiros na mira da torcida, que ademais repetem um mantra que tem no momento duas palavras chaves: “Vergonha” e “Demissões”. No final da partida Olsen, com a cabeça baixa, murmurou: “Não sei como é possível um resultado assim. Estávamos na frente com dois gols, deveríamos liquidar a partida”. O goleiro tenta defender as escolhas do técnico: “As mudanças não tem nada haver, estávamos vencendo por 2 a 0. Muito além de quem entra é uma partida que devemos vencer. Somos uma equipe e aquilo que conta é jogar como tal”. Diferentemente de outras vezes, nem mesmo a análise dirimida por Di Francesco placou a fúria do povo giallorosso. “Não quero falar de tática - disse -. Existem jogadores com experiencia, não pode sofrer gol desse modo. Vai muito além do discurso tático, deve saber ler a última ação para defender um resultado importante. Os discursos então deixam de valer, não pode uma equipe do gênero com determinados jogadores em campo tomar gol do tipo a 30 segundos do final, porque compromete a possibilidade de retornar onde merecíamos estar ao invés disso caímos sempre nos mesmos erros. Nas primeiras dificuldades esses problemas reaparecem. Os analisaremos, mas acredito que também características de caráter dentro do grupo precisam melhorar”.

PALLOTTA FURIOSO - Mídia e torcida em geral, porém, não acolheram e deste modo as críticas e os insultos estão direcionados em senso único. Mas o que conta é a atualidade, com Di Francesco em risco. Se Pallotta tomasse uma decisão de demití-lo - não obstante o apoio sincero que o diretor esportivo Monchi que sempre teve como seu treinador - os nomes que giram para a mudança no banco no momento são dois: Paulo Sousa e Vicenzo Montella, com Roberto Donadoni mais atrás. O sonho da torcida porém é um apenas, Antonio Conte, mesmo se no momento pareça uma pista pouco praticável. Os colóquios entre dirigentes e presidente, entretanto, são contínuos. Se esperam o desenvolvimento, não obstante daqui três dias a equipe venha a campo novamente em Plzen para a ultima partida pela fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Não conta nada para a classificação, mas qualquer passo em falso poderá ser arriscado.

Fonte: Massimo Cecchini (Gazzetta dello Sport)
P R Avalie

Portale Romanista Brasil © 2004
uCoz