P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XIV
ROMA
CULT
ULTRAS
2017/18
TOTTI
FELLAS
News (Di Francesco) Schick não deve se contentar. Champions? Tentaremos repetir (16)É poker, Roma goleia a Samp (15)Roma-Samp amanhã na Rai (18)(Di Francesco) Schick jogará, Pastore não convocado (23)(Zaniolo) a estréia foi um sonho (26)Biografia de Totti entre os mais vendidos da Itália (21)Três bigs interessadas em Under (22)Juve e Roma a caça de Pépé do Lille (20)(Fazio) Devemos vencer a Samp (15)Di Francesco nervoso, mas jovens evoluindo (28)
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Fellas Brasil
P R Últimos Tópicos
Boteco Giallorosso
Nainggolan
Kovacic
Cristante
Estádio
P R Blog
P R Tirinhas
P R Portaland
P R Store
P R Sondagem
Avalie o trabalho de Di Francesco
Total de enquetes: 21
Serie A: Grupo perfeito, se não acreditas em algo não comemoras assim (De Rossi)
Postado por: lupulus 17 Dez 2017 às 11:46

ROMA - O gol de Fazio aos 94’ poderá ser lembrado como um divisor de águas decisivo na temporada da Roma. As grandes equipes vencem inclusive sofrendo, conseguem se destacar inclusive nas jornadas ruins. Se depois a alegria se concretiza através de uma grande expectativa na decisão do VAR, a vibração derradeira se torna um elemento do qual fortifica o grupo como explicou Daniele De Rossi no pós partida. “Foi um final de cinema, do tipo cardiopalm - Fizemos o gol e depois vimos que não havia acabado com VAR. O apito foi liberatório, eram três pontos importantes e consegui-los assim tem um grande significado”

GRUPO PERFEITO - De Rossi sublinha o clima idílico que se respira este ano nos vestiários: “Estou orgulhoso dos jogadores que temos, é meu primeiro ano como capitão e não poderia ser mais sortudo diz assim: é um grupo perfeito, inclusive da parte daqueles que na temporada passada não estavam menos dentro e mais individualistas, se sobressaíram e está me agradando muito. A comemoração é emblemática, se não acreditas em algo não comemoras assim, não comemoras assim se vence uma partida que conta até um certo ponto. Título? Somos fortes e aquela palavra não a nomino. O Napoli tem um orgânico forte como o nosso, assim como a Inter. A Juve realmente é mais forte. Nós somos fortes, não os mais fortes, O mercado fica por conta do mister e do diretor, eles que decidem”

O EPISÓDIO DO PÊNALTI - A partida foi caracterizada por intervenções do VAR que primeiro apontou o pênalti para a Roma e depois validou o gol de Fazio: “Hoje pensei que o pênalti fosse inexistente, o arbitro pensou assim e quem sabe se viesse mudaria a classificação. O VAR é importantíssimo, alguns anos atrás conseguiam calibrar inclusive aqueles pequenos episódios como o lance do pênalti no jogo Lazio-Torino. Se deve entender porque não se vê, quando se vê, e quando existe ou não o pênalti. Assim os árbitros devem decidir duas vezes e não sempre um contato  pode ser um pênalti. Este ano se resolveu tantos problemas, mas em alguns episódios foi calibrado. Um trabalho que na minha opinião é feito com prazer pelos árbitros”

Fonte: Corriere dello Sport
P R Avalie
Portale Romanista Brasil © 2004