P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XIV
ROMA
CULT
ULTRAS
2017/18
TOTTI
FELLAS
News Roma-Atalanta 1-2: golpe dos bergamaschi em dez (221)Vaias para o Var no Olímpico (279)Muitos erros. Dzeko? Me pergunto porque não marca (Di Francesco) (218)Superaremos esse momento (Fazio) (201)Quando o Var invalida um gol a decepção é tripla (Pellegrini) (197)Muitos erros, Dzeko tem que desbloquear (Di Francesco) (200)Missiroli e o Var param Di Francesco (211)Roma na cola de Darmian (245)Roma para título (Capello) (240)Nenhuma derrota é boa, mas esta nos deve dar a força justa (Monchi) (186)
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Últimos Tópicos
Boteco Giallorosso
Liverpool - Roma
Inter 1x1 Roma
MERCADO DE INVERNO 2018
Tem como não?
Schick
VAR
Roma 1-1 Sassuolo
Ele voltou!!!!
Juventus 1-0 Roma
Edin Džeko
P R Blog
P R Tirinhas
P R Portaland
P R Store
P R Boutique
P R Sondagem
Avalie o trabalho de Di Francesco
Total de enquetes: 17
Serie A: o ex Benatia decide o jogo em Turim
Postado por: lupulus 23 Dez 2017 às 20:25

TURIM - A Juventus bate a Roma por 1 a 0 graças aos gols do ex Benatia aos 18 minutos e volta a -1 do Napoli líder. Para Allegri oitavo jogo consecutivo sem sofrer gols, Di Francesco mastiga amargamente pelo travessão de Florenzi: em todo caso, grande e bela partida, com destaque para Dzeko, então Khedira pisa na bola depois que Fazio salva sobre Cuadrado. De cabeça o recuperado Mandzukic (ainda fora Dybala) não acha o gol depois do cruzamento de Matuidi. Depois de uma esplêndida assistência de Dzeko, Florenzi manda para os ares ao invés de servir El Shaarawy. Aos 18 minutos a Juve passa a frente: Alisson rebate a cabeçada de Chiellini e resvala no travessão, mas no retorno sobra livre para Benatia que só coloca pra dentro. Nada pode fazer Alisson. Roma atrás do marcador  mas a um passe do empate (depois de um contato duvidoso entre Higuain e Alisson liberado pelo VAR entretanto) com El Shaarawy: Dzeko lança Perotti, assistência para o faraó que tem pela frente o muro Szczesny diante de si. Sempre a ritmos muito altos, mas para uma nova ofensiva de relevo precisa esperar o segundo tempo, quando é determinante um carrinho de Manolas antecipando-se sobre Mandzukic depois de uma assistência de Higuain.

A Roma não acha a contra medida, mas Higuain a graça aos 54’: perfeito a assistência de Khedira, clamoroso o erro de Pipita, que chuta para as nuvens cara com Alisson.  Rompe o cerco Kolarov: Chiellini se antecipa. Depois contra-ataque da Juve: Mandzukic se coloca como aparador primeiro para Matuidi (Alisson sempre ligado), depois para Higuain chutando para o alto. Di Francesco escolhe Schick (fora El Shaarawy) e aos 71’ a chance de Dzeko: direta potente, mas imprecisa.

Ocasião de gol aos 80: Chiellini e Alex Sandro deixam passa um lançamento de De Rossi, Florenzi acredita encobre Szczesny (morto na jogada) mas a bola bate no travessão e volta para o campo. Minutos depois Under (que entrou no lugar de De Rossi) por muito pouco não empata, o goleiro polaco coloca com o pé para escanteio. Pjanic tem uma chance de ouro para ampliar para o time de Turim, mas a bola acerta o travessão de Alisson.  Depois a chance mais clara de empate para a Roma é desperdiçada de maneira embaraçosa por Schick que não agradece a assistência de Benatia cara a cara com Szczesny que não deixa a bola passar. A Juve vence fica na cola do Napoli a -1. A Roma não jogou mal, mas se distancia do topo.

 

Fonte: La Repubblica (Maurizio Crossetti)
P R Avalie
Portale Romanista Brasil © 2004