P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XVI
FELLAS
FORUM
BLOG
TOTTI
RESENHAS
TIRINHAS
News Quem é Dan Friedkin?A Roma é de FriedkinDzeko alcança Volk e Roma a fase de grupos da UEL3 nomes para o pós PetrarchiZaniolo não é um caso e Dzeko não está descontenteZaniolo, do golaço ao abraço em ManciniMenos burocracia, mais agilidade para o Stadio della RomaCeres pede desculpa para Roma e Bruno PeresTítulo e gol sobre a Lazio, o pé de coelho de Totti
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Forum
Botéko Giallorosso
Venda da Roma
SEVILLA 2-0 ROMA
JUVENTUS 1-3 ROMA
TORINO 2-3 ROMA
Pretenções
ROMA 2-1 FIORENTINA
Salários
SPAL 1-6 ROMA
P R Blog
P R Tirinhas
Serie A: Roma vence o Parma com gols de Cristante e Under
29/12/2018 às 14:27

Di Francesco pode descansar serenamente seu final de ano. A Roma bate o Parma por 2 a 0 com gols de Cristante e Under e volta a vencer também fora de casa. Uma bela confirmação depois dos 3 a 1 no Sassuolo no boxing day. Desde outubro que os giallorossi não conquistavam duas vitórias consecutivas no campeonato (então três). O técnico romanista está aos poucos reencontrando inclusive os passos fundamentais da equipe. Se em Parma Manolas teve que abandonar o match por lesão, retornaram Dzeko desde o primeiro minuto, e Pellegrini no segundo tempo. No banco estavam Perotti e El Shaarawy. Em suma, a emergência parece ter acabado. Com estes seis pontos conquistados em três dias, Di Francesco poderá trabalhar com serenidade para lançar a corrida a Champions no returno. O primeiro turno fechou com a miséria de trinta pontos entre muitos altos e baixos e vários pontos perdidos para as pequenas. Mas a corrida para Champions ainda está aberta, com a Lazio na quarta posição a +2. Os problemas não foram todos resolvidos e foram vistos também em Parma. Manobra bloqueada e sem grandes mudanças no primeiro tempo no qual a Roma arriscou inclusive de sofrer gol, depois no segundo tempo a equipe cresceu e venceu merecidamente. Gervinho, o grande ex e o perigo número um, foi bem controlado pela defesa que finalmente consegui fechar o jogo com um clean sheet depois de consideráveis 10 partidas.

VOLTAM OS BIG - Di Francesco reencontra Dzeko desde o primeiro minuto. O bósnio não estava entre os titulares ha quase dois meses, e no Tardini jamais havia jogado antes. A Roma escolhe o 4-2-3-1. módulo com o qual se viu fazer melhor nessa temporada. O bósnio foi colocado ao lado de Kluivert e Under, com Zaniolo atrás. No Parma com o tridente sem Inglese, a assustar os giallorossi, inútil dizer, é o grande ex Gervinho. A Roma logo tem a posse da bola, mas não consegue quase nunca chegar perto de Sepe. Dzeko não está ao top e tem dificuldades em entrar no jogo. Das pontas se produz pouco: Kluivert e Under fazem pouco, Florenzi é bloqueado por Biabiany e Kolarov cria um cruzamento, mas Dzeko não aparece. O jogo do Parma é claro defesa e lançamentos longos para Gervinho que quando parte em velocidade coloca em sérias dificuldades Manolas e Fazio. A ocasião melhor do primeiro tempo porém, é de Silogardi que aos 28 minutos se encontra frente a frente com Olsen: o goleiro giallorosso faz milagre para desviar a bola para o travessão. Aos 38’ Gervinho semeia mais uma vez pânico e cava uma falta perigosa do limite da área: o chute de Stulac fica na barreira. O primeiro tempo se encerra com a Roma que não conclui praticamente quase nunca no gol.

CRISTANTE ABRE O PLACAR - No segundo tempo a Roma tenta levantar um pouco o ritmo do jogo, mas depois de um bom inicio continua a ter dificuldades. Os giallorossi porém conseguem abrir o placar aos 59’ mais uma vez de bola parada. Sob cobrança de escanteio Cristante salta mais que todos, marcando seu quarto gol com a camisa romanista, o terceiro no mês de dezembro. Pouco depois da vantagem Manolas, que estava rangendo os dentes desde o primeiro tempo, levanta bandeira branca, indo para o banco depois de um estiramento muscular: no seu lugar entra Juan Jesus. Com o placar aberto, o Parma é obrigado a deixar mais espaço para a Roma, que a frente do marcador muda a marcha. Dzeko é perigoso em várias ocasiões, depois aos 70’ conclui com uma bola que passa muito perto. Aos 74’ Sepe rebate uma cobrança perigosa do atacante bósnio em contra-ataque.

UNDER AMPLIA - Logo depois Di Francesco lança em campo Pellegrini no lugar de Zaniolo. Um outro retorno importante para o técnico da Roma, e se nota rapidamente: O meio campista depois de poucos segundos serve Under para a bola dos 2 a 0. No final Dzeko busca seu gol com insistência antes de deixar o campo para Schick. A Roma controla, correndo como muitas vezes comentando alguns riscos inúteis, e leva pra casa três pontos preciosos. Retornará no dia 14, para o jogo pela Copa Itália contra o Entella no Olímpico. A temporada da Roma parecia já ter naufragado, mas ao contrário ainda pode retomá-la.

Fonte: Valerio Minutiello (Corriere dello Sport)
P R Avalie

Portale Romanista Brasil © 2004
uCoz