P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XV
FELLAS
FORUM
BLOG
TOTTI
RESENHAS
TIRINHAS
News Quem é Dan Friedkin?A Roma é de FriedkinDzeko alcança Volk e Roma a fase de grupos da UEL3 nomes para o pós PetrarchiZaniolo não é um caso e Dzeko não está descontenteZaniolo, do golaço ao abraço em ManciniMenos burocracia, mais agilidade para o Stadio della RomaCeres pede desculpa para Roma e Bruno PeresTítulo e gol sobre a Lazio, o pé de coelho de Totti
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Forum
Botéko Giallorosso
Venda da Roma
SEVILLA 2-0 ROMA
JUVENTUS 1-3 ROMA
TORINO 2-3 ROMA
Pretenções
ROMA 2-1 FIORENTINA
Salários
SPAL 1-6 ROMA
P R Blog
P R Tirinhas
Roma: (Zaniolo) a estréia foi um sonho
09/11/2018 às 22:13

“Devo treinar dia pós dia, porque o belo ainda está por vir”. Estas as palavras do meio-campista giallorosso Nicolò Zaniolo, classe 1999, em sua entrevista para o ultimouomo.com, demonstrando muita humildade e muita vontade.

ESTRÉIA NO BERNAVEU

“Que iria jogar, fiquei sabendo na  manhã quando houve a reunião técnica, o mister em disse que havia chegado meu momento. Não esperava minimamente. A coisa mais difícil foi preparar a partida. Ás 11 soube que iria jogar, e a partida era as 21. Todo o dia a pensar que a noite iria jogar contra os campeões que até pouco tempo atrás usava no PlayStation. Foi um sonho, até quando não entras em campo. Depois quando estás não pensas naquilo que está ao redor, mas naquilo que sabes e que deves fazer”

IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA

“O risco era de perder a cabeça e os estímulos. A minha família foi fundamental, estando ao meu lado, dando-me conselhos”

RELACIONAMENTO COM O PAI

“inclusive nos momentos mais difíceis pode ajudar, podes lhe dizer como comportar-se, os cuidados que deve ter nos vestiários, porque já passou por isso. Nos falamos 3 ou 4 vezes ao dia. Sempre conversamos. Me disse que onde estou agora é apenas um ponto de partida. Que não adianta deixar subir a cabeça porque da mesma forma que vai lá pra cima podes voltar”

VIRTUS ENTELLA

“Se tivesse feito mal a Entella arriscava de jogar em categorias inferiores. Se entendi quando me tornei um profissional? Pra dizer a verdade nem mesmo agora me sinto. Chiavari mora perto da minha casa, estava perto dos meus pais, dos meus amigos. O nível era alto. No Entella tinha Francesco Caputo, que agora marcou contra a Juve. Tinha Tremolada. Aprendi muito porque o nível era muito mais alto do juvenis”

PASSAGEM PARA ROMA

“Não pensei duas vezes em dizer sim e a negociação se concluiu em uma semana. O meu desejo era forte, como aquele da sociedade, então estava e estou contentíssimo. Cheguei tarde, na metade de agosto, e pensei apenas em treinar bem. Os jogadores que mais me impressionaram na Roma? De Rossi, Dzeko e Kolarov são jogadores de um outro nível. É uma honra treinar com eles”.

O QUE PEDE DI FRANCESCO

“De fazer a meia ala, ou seja de dosar as duas fases, defensiva e ofensiva, e obviamente inserir-me dentro quando existir a possibilidade. Recuperar bolas no meio campo. No futebol de hoje deve obrigatoriamente ser agressivo”

COMO SE ENXERGA

“Sinceramente mais um jogador físico, tenho boa técnica, mas devo melhorar sobre muitas coisas. No futebol de hoje ser estrutural fisicamente é fundamental. Na Champions League não existe equipes com jogadores discretos, e eles que são os fenômenos. O físico é o principal. O que é mais importante para um meio campista nos dias de hoje? Fazer bem tanto a parte defensiva quanto a ofensiva, ao mesmo modo, porque se não fizer a equipe irá ressentir”.

IDOLO DE CRIANÇA

“Havia uma mudança de passo que deixava para trás dois ou três adversários por vez. Havia um potência e uma técnica fora do normal. O gol no Old Trafford é aquilo que para mim representa Kaká”.

POSIÇÃO PREFERIDA

“Na meia ala, que é a função que penso que será no meu futuro. Quando cheguei na Inter em faltavam tantas coisas e Vecchi conseguiu me ajudar e devo agradecê-lo tanto. Ele foi o primeiro a dizer que deveria fazer meia ala. Até agora na carreira nos juvenis os meus gols sempre fiz”.

DIFERENÇA ENTRE MEIA ATACANTE E MEIA ALA

“Como meia atacante deve ser menos defensivo e quando tem a bola tem que sempre ser determinante; a meia ala deve fazer ambas as fases bem e com a bola deve pensar deve ser menos decisivo”.

SELEÇÃO

“Mancini me chamou na seleção porque me viu no europeu, que fora uma vitrine importante. Aqueles que disputaram a final jogam na Série A e na B. O que me disse Mancini? De continuar tranquilo porque se me convocou é porque existiu um motivo. É difícil pensar em ser parte do projeto da seleção. Não penso em uma eventual convocação para o Europeu. Penso apenas em jogar e me divertir”.

Fonte: ultimouomo.com
P R Avalie

Portale Romanista Brasil © 2004
uCoz