Aleksandar Kolarov

Alex inicia sua carreira aos treze anos de idade no complexo esportivo Estrela Vermelha de Belgrado nos juvenis do clube em 1999. Após seu amadurecimento passando naturalmente por todas as categorias do clube da capital, em 2004 aceita uma proposta contratual para jogar no FK Čukarički Stankom.

Com o Stankom estréia na primeira divisão servia e durante a sua primeira temporada acumula 27 presenças e dois gols, porém não conseguindo ajudar a equipe a se manter na Primeira Liga Sérvia, rebaixada a segunda divisão no ano seguinte. Permanece mais um no time alvinegro acumulando 44 jogos e dois gols antes de passa para o OFK Belgrado em 2006.

A temporada 2006/07 é bastante frutífera para o lateral que coleciona trinta e oito presenças em campo além de cinco gols e o coloca na mira de vários clubes europeus, entre eles a Lazio que faz uma proposta de 800 mil euros e o OFK aceita. Para o jogador um contrato de 4 anos.

Estréia na Série A italiana no dia 14 de agosto de 2007 no terceiro turno preliminar para Liga dos Campeões da Europa, no empate em Roma por 1 a 1 diante do Dinamo Bucarest. Seu primeiro gol no campeonato ocorre no dia 30 de setembro em uma cobrança de falta dos 35 metros no empate em 1 a 1 com a Regina fora de casa.

Kolarov se mostra implacável em cobranças de longa distância. Tanto que Copa Itália 2007/08 faz dois gols, ambos contra a Firentina, pelas quartas de final da competição; o primeiro em cobrança dos trinta metros e o segundo dos vinte enganando o goleiro Sébastien Frey.

Alex continua fazendo gols importantes para a Lazio na temporada seguinte. No dia 22 de fevereiro de 2009, sempre de bola parada bate o goleiro Benussi na vitória por 2 a 0 sobre o Lecce. Já no dia 11 de abril de 2009 anota o quarto gol no clássico da capital, estabelecendo o placar final da partida por 4 a 2 sobre a Roma. No dia 22 de abril, semifinal da Copa Itália, disputada em Turim, realiza o segundo gol da vitória por dois a zero sobre a Juventus. Já na final no Olímpico, depois do empate em 1 a 1 com Sampdoria no tempo regulamentar e complementar, converte uma das cobranças de pênalti se tornando assim campeão da competição.

No dia 8 de agosto de 2009 conquista sua segunda taça com a camisa biancoceleste: Em Pequim participa da vitória por 2 a 1 sobre a Inter se tornando campeão da Supercopa italiana. Embora a campanha laziale não tenha tido bons frutos, durante a temporada 2009/10, Kolarov seguia dando importante contribuição com 41 presenças e cinco gols. No final o sérvio acumularia 104 jogos e onze gols nas três temporadas que serviu a Lazio de 2007 até 2010, além de dois títulos, antes de se transferir para o Manchester City no dia 24 de julho de 2010.

Os Citizens pagaram a Lazio a quantia de 18 milhões de euros (cerca de 72 milhões de reais). Porém sua estréia pela Premier League não é das melhores. No empate em Londres por 0 a 0 com o Tottenham de fato se lesiona com fratura e fica fora dos gramados por boa parte da temporada. Seu primeiro gol no inglês então só vem no dia 18 de janeiro de 2011, pela FA Cup diante do Leicester City na vitória por 4 a 2. Já o primeiro pela Premier League no dia 2 de fevereiro, mais uma vez de cobrança de falta, no empate de 2 a 2 com o Birmingham City.

Com o City faz estrada a e história. Conquista a Copa da Inglaterra em 2011, 2 títulos ingleses (2011/12 e 2013/14) e outras duas copas da Liga Inglesa nas temporadas 2013/14 e 2015/16. Foram 165 jogos e onze gols nas sete temporadas em que jogou no time celeste de Manchester, antes de retornar a capital, mas desta vez com a camisa giallorossa e no dia 22 de julho de 2017 se transfere para a Roma ao custo de cinco milhões de euros esolhendo a camisa 11.

Lateral esquerdo dinâmico pode ser escalado na meia fazendo o corredor ou ainda como zagueiro central. Canhoto de chute preciso e potente sua especialidade está na conversão de bolas paradas, geralmente em gol. Sua bagagem e experiência pode ainda gerar bons frutos mesmo a uma considerável idade.

Estréia com gala no dia 20 de agosto de 2017 na primeira rodada do campeonato italiano 2017/18 em um jogo fora de casa diante da Atalanta e aos trinta minutos, cobrando falta, marca o único gol da partida dando a vitória para a Roma. Apesar dos torcedores ficarem um pouco divididos em relação ao seu passado, Alexander é extremamente profissional nesse sentido, respeito esses limites e sendo essencial consideravelmente durante toda a temporada, proporcionando 14 assistências que se tornaram gols fundamentais para a campanha da equipe. Na temporada seguinte se consagra ao realizar o gol dos 2 a 1 sobre a Lazio aos 71 minutos do jogo (mesmo tempo em que os rivais usavam para provocar os romanistas naquela final de Copa Itália em que Lulic fez o gol), pela sétima rodada do campeonato italiano, em um dos seus melhores estilos desde então, cobrando falta e vibrando muito sem levar em conta o seu passado e desse modo caindo nas graças da torcida giallorossa definitivamente.

Na seleção servia Kolarov tem registros desde 2007 com a Sub-21 acumulando 11 jogos e 1 gol, além de ser vice-campeão em 2007 pelo Europeu da categoria realizado na Holanda e Bélgica. Depois duas participações pela olímpica em 2008. Já com o time principal são 82 jogos e 11 gols desde sua primeira partida em 2008.

B I O S
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM