Nicolò Zaniolo

Nicolò é fruto das divisões de base da Fiorentina, clube em que permaneceu atuando pelos juvenis até 2016. Aos dezessete anos passa a integrar a equipe liguriana Virtus Entella e faz sua primeira atuação como profissional no dia 11 de março de 2017 pela segunda divisão da Itália diante do Benevento (empate de 0-0). O então técnico da equipe celeste Roberto Breda o emprega naquela temporada por sete vezes.

Diante dos resultados apresentados a Inter de Milão acaba se interessante pelo jovem talento e chega a uma negociação com o Entella pagando 3,5 milhões de euros pelo passe do jogador, o qual passa a atuar com o time Primavera nerazzurro. A contratação do meia traz bons frutos para o time juvenil de Milão onde no campeonato da categoria faz 13 gols além de ser peça fundamental para o título da temporada 2017/18. Depois também ajudaria a conquistar a Supercopa Primavera.

Para atender o pedido do então técnico Luciano Spalletti, que pede o belga Radja Nainggolan a todo custo, a Inter oferece para a Roma (negociação que chega a um porto no fia 26 de junho de 2018) o jovem Zainolo juntamente com o lateral Davide Santon.

Zaniolo atua como meia atacante bem como ala esquerda. Ótimo nas penetrações é dotado de um ótimo calibre nas conclusões e pode ser posicionado também como um falso nove.

Estréia como a camisa giallorossa no dia 19 de setembro de 2018 em jogo válido pela primeira rodada (fase de grupos) da Liga dos Campeões da Europa no estádio Santiago Bernabéu, onde a Roma sofre derrota por 3 a 0. Já na semana seguinte debuta também pela Série A entrando no lugar de Javier Pastore aos 67 minutos na vitória de 4 a 0 sobre o Frosinone. Já como titular absoluto ocorre no dia 3 de novembro do mesmo ano, no empate em 1 a 1 com a Fiorentina fora de casa. Nicoló foi substituído aos 67’ por Bryan Cristante. Desde suas últimas atuações em campo tem colecionado boas críticas tendo fortes chances de se integrar nos planos da equipe já a partir dessa temporada embora tenha apenas 19 anos.

Com a Itália sub-19 disputou o europeu da categoria onde sagrou-se vice-campeão acumulando 12 jogos e 3 gols. No dia 3 de setembro de 2018 fora convocado surpreendentemente para compor a equipe da seleção principal comendada por Roberto Mancini para os jogos da Nations League contra Polonia e Portugal, mesmo se até então não havia nem mesmo estreado no campeonato italiano, se tornando o quarto nesse feito, depois de Raffaele Costantino, Massimo Maccarone e Marco Verrati, porém sem ter sido empenhado em nenhum dos dois jogos.

No dia 5 de outubro de 2018 recebe também sua primeira chamada para atuar na Itália sub-21, onde estréia seis dias depois no amistoso diante da Belgica em que a azzurra perde por 1 a 0.

B I O S
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM