UM TESTE MAIS PREOCUPANTE PORÉM ESPERANÇOSO
A Roma continua sua saga em busca do time perfeito para 2016/17. Dessa vez o teste foi em um nível mais considerado e consequentemente demonstrando uma visão mais apurada do real potencial do time, mesmo se ainda desfalcado. Trata-se de uma equipe que milita a primeira divisão russa. Spalletti, até mesmo em função disso, testa tudo e todos que tem a disposição, principalmente os meninos da frutífera base giallorossa. O capitão Francesco Totti pela primeira vez na temporada vem a campo e já deixa sua marca colocando o que melhor lhe resume naturalmente: suas doces precisões em lançamentos decisivos. Uma esperança positiva que Totti deixa para o treinador e principalmente para nós torcedores, em que sua contribuição, como sempre, será muito importante nesse time.

Síntese: La Roma 24

O retiro da Roma se encerra com uma vitoria para a Roma, que deixa Pinzolo depois de ter batido por 3 a 2 os russos do Terek Grozny e agora fica na expectativa da partida para os Estados Unidos para a segunda fase da preparação na próxima temporada.

Diferentemente da goleada aplicada na representação local do jogo anterior, o coeficiente de dificuldade vem a tona e os giallorossi se encontram diante de uma formação já rodada e mais a frente em sua preparação, mas a resposta da equipe, mesmo com muitas ausências (nas últimas horas se juntaram ao grupo Zukanovic e Paredes, fora por precaução), é, consignado tudo, positiva. Primeiro tempo muito combatido entre as duas equipes, com o Terek que assustou rapidamente a Roma com um diagonal rebatido por Lobont. No final da partida, depois de uma longa fase de estudo, os giallorossi conseguem maiores espaços para verticalizações e para ações ofensivas. Di umas dessas nasce o gol do 1 a 0: cruzamento de Salah para Dzeko, bola prolongada da defesa russa que porém encontra o pé de Diego Perotti.

No retorno Spalletti muda e quipe e insere Totti junto com Iturbe no lugar de Salah e Perotti. Sobre uma desatenção da defesa vem o empate do Grozav, mas a resposta giallorossa é imediata: lançamento milimétrico de Totti que pesa Dzeko em posição regular, o bósnio cara a cara com o goleiro adversário não erra e faz o 2 a 1. Chegam outras mudanças e o jogo gira para o final com os romanistas em pleno controle da situação, salvo alguns contratempos. O Terek encontra o empate com uma cobrança de falta do mesmo Grozav, mas da mesma forma que na situação anterior, a reposta foi imediata. Falta cobrada pelo capitan Totti, cabeçada de Ponce que foca a trave, bate rebate e no final Riccardo Marchizza, zagueiro da Primavera agregado a equipe, encontra seu momento de gloria.

ROMA 433: Lobont, Torosidis (84' Di Livio), Manolas (46' Gyomber), Jesus (77' Marchizza), Mario Rui (46' Seck), D’Urso (46' Ricci), Strootman (69' De Santis), Emerson, Salah (46' Iturbe), Dzeko (69' Ponce), Perotti (46' Totti),

TEREK GROZNY (4231): 16 Gorodov; 40 Rizvan, 15 Semenov, 2 Rodolfo, 5 Pliev; 21 Kuzyaev (72′ 8 Pedro Ken), 23 Piriz Facundo; 95 Mitrishev Magomed (46′ 55 Lebedenko), 19 Ivanov, 30 Grozav George; 20 Balaj Bekim (66′ 17 Mbengue). A disp.: 1 Godzjur, 33 Gudiev Vitally, 31 Bryzgalov Sergey, 45 Khalid, 29 Luck, 13 Mohammadi, 62 Idris, 6 Warken, 7 Kadyrov, 8 Pedro Ken, 55 Lebedenko Igor, 70 Bacuev Aub, 22 Reziuan, 63 Chingis, Klej, Djabrailov Magomed, 17 Mbengue, 9 Zaur, 11 Abubakar, 24 Chema, 93 Apti Téc.: Rakhimov Rashid

F I C H A
avatar

© 2004 PORTALE ROMANISTA BRASIL UMA FÉ QUE NUNCA TEM FIM