P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XIV
ROMA
CULT
ULTRAS
2018/19
TOTTI
BLOG
News A Roma bate a Juve e mantém viva a esperança Champions (11)Romero nos acréscimos afunda a Champions giallorossa (30)Tudo fácil para a Roma: tris no Cagliari e quarta posição (36)El Shaarawy não é suficiente para Roma (35)Dzeko mantém viva as esperanças Champions (38)De Rossi decisivo, grande golpe Champions (64)A defesa de Ranieri derrapa mas não afunda (62)A redenção de Claudio Ranieri (41)Roma, passo em falso para a Champions: nova derrota com a Spal (69)Ranieri sorri graças a Schick e ao Var (57)
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Fellas Brasil
P R Últimos Tópicos
Boteco Giallorosso
Nainggolan
Ei?
LENDAS DO PR
Kovacic
P R Blog
P R Tirinhas
P R Portaland
P R Store
P R Sondagem
Porque a Roma não evolui
Total de enquetes: 9
Serie A: A Roma bate a Juve e mantém viva a esperança Champions
Postado por: lupulus 12/05/2019 às 21:58
ROMA - Roma vence no Olímpico na última desse domingo da 36ª rodada da Serie A, respondendo Atalanta, Milan e Torino, permanecendo ainda na disputa por um lugar na Liga dos Campeões. A 180 minutos do final da temporada, os giallorossi colocaram o Milan de volta nos 62 pontos e se posicionam a apenas um ponto atrás da Inter (que tem que jogar amanhã com o Chievo em casa), permanecendo nos rastros da Atalanta, que ainda está a três de distância. Os próximos compromissos para a equipe de Ranieri são o Sassuolo fora e o Parma em casa.

Últimos 180 minutos de fogo

Para a Roma, no entanto, não será suficiente vencer os próximos jogos para garantir um lugar na Champions, porque já na próxima rodada, deverá torcer para a Juventus, batida nessa noite (os bianconeri receberão a Atalanta em casa), e esperar que o Milan perca pontos no caminho  visto que no momento, a igualdade em pontos, os confrontos diretos favorecem a equipe de Gattuso. Diferente o discurso em caso de derrota em um ou mesmo ambos próximos compromissos, com Torino e Lazio, atrás da Roma respectivamente por dois e quatro pontos, que valem pelo menos um lugar na Liga Europa.

Juve esbarra no Mirante 

Um bom primeiro tempo no Olímpico com a Juventus, que imediatamente tenta impor seu próprio ritmo na partida. Aos 7 minutos contrapé bianconero com Emre Çan que entra na área e serve na segunda trave Cuadrado, o colombiano chuta colocado e consciente, mas Mirante voa para desviar para escanteio e salvar a Roma. O goleiro giallorosso se supera 10 minutos mais tarde, quando Dybala, na área depois de assistência de Ronaldo, chuta na segunda trave para encontrar a resposta retumbante do goleiro da casa. Aos 19’ é a  Juventus a estremecer quando Pellegrini, de dentro de direita, surpreende Szczesny, porém a bola resvala o travessão. Na meia hora de jogo se renova o duelo entre Dybala e Mirante com o argentino que desta vez vê seu arremate dos 11 metros ser desviado para a trave.

Florenzi-Dzeko e Roma Vai

A Roma regressa aos gramados com menos receios do que a primeira parte e começa a mostrar-se de forma consistente nos últimos 30 metros dos ‘bianconeri”. Aos 65 minutos, no entretanto, a equipe de Ranieri é surpreendida por um contra-ataque de Ronaldo, mas o gol do português foi anulado por impedimento (milímétrico). Dois minutos depois, com o pé, Mirante salva o chute de Emre Çan, enquanto no lado oposto El Shaarawy empenha Szczesny da entrada da área. O tempo passa, Allegri caminha nervosamente na área técnica, porque vê uma atitude de renúncia por parte da sua equipe e aos 79’ uma bela triangulação no limite da área entre Florenzi e Dzeko que permite  ao capitão giallorosso (que não marca desde 3 de novembro passado) apareçer na frente em Szczesny e e marcar com uma cavadinha. Em plenos acréscimos, a Roma amplia em contra-ataque com o recém entrado Under que serve Dzeko na área, e de chapa o jogador bósnio faz Szczesny erguer a bandeira branca pela segunda vez. Agora cabeça no Sassuolo esperando haver boas noticias do Allianz Stadium.

ROMA 2-0 JUVENTUS (0-0)

ROMA (4-3-3): Mirante; Florenzi, Manolas, Fazio, Kolarov; Pellegrini (21'st Cristante), N'Zonzi, Zaniolo; Kluivert (33'st Under), Dzeko, El Shaarawy. A disp.: Coric, De Rossi, Fuzato, Jesus, Karsdorp, Marcano, Olsen, Pastore, Perotti, Schick. Técnico: Ranieri.
JUVENTUS (4-3-3): Szczesny; De Sciglio (40'st Cancelo), Caceres, Chiellini, Spinazzola; Can, Pjanic (26'st Bentancur), Matuidi (39'st Alex Sandro); Cuadrado, Dybala, Ronaldo. A disp.: Barzagli, Bentancur, Del Favero, Kastanos, Nicolussi, Pereira, Pinsoglio. Técnico: Allegri.
ARBITRO: Massa di Imperia.
GOLS: 34'st Florenzi (R), 45+3'st Dzeko (R).
NOTAS: Cartões Dzeko, Kolarov (R); Çan (J). Acréscimos: 0'pt, 3'st
Fonte: Antonio Farinola (La Repubblica)
P R Avalie
Portale Romanista Brasil © 2004