P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XV
FELLAS
FORUM
BLOG
TOTTI
RESENHAS
TIRINHAS
News Dzeko alcança Volk e Roma a fase de grupos da UEL3 nomes para o pós PetrarchiZaniolo não é um caso e Dzeko não está descontenteZaniolo, do golaço ao abraço em ManciniMenos burocracia, mais agilidade para o Stadio della RomaCeres pede desculpa para Roma e Bruno PeresTítulo e gol sobre a Lazio, o pé de coelho de TottiA descoberta de IbanezA mudança de Fonseca contra os arrependimentos
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Forum
Botéko Giallorosso
JUVENTUS 1-3 ROMA
TORINO 2-3 ROMA
Pretenções
Venda da Roma
ROMA 2-1 FIORENTINA
Salários
SPAL 1-6 ROMA
Tonali
P R Blog
P R Tirinhas
Serie A: ninguém é intocável, diz Fonseca
18/07/2020 às 02:50
A Roma voltou a vencer e, de fato, o motivo está na mudança tática, com a defesa a três, na forma que oferece mais equilíbrio e mais soluções, tanto defensivas quanto ofensivas. Mas há outro elemento que pesa bastante no retorno da Roma à vitória: a virada "ética" de Paulo Fonseca. Todos perceberam quando, após a vitória por 2 a 1 em Verona, terceira consecutiva, que o técnico não passou por cima do colóquio de Gianluca Mancini em Nicolò Zaniolo, que não havia marcado um adversário: "Estou com Mancini - disse Fonseca - Zaniolo deve fazer mais para ajudar a equipe e ele não o fez, hoje não estou satisfeito com a atitude dele ".

Uma entrada dura no menino, que retornou logo após recuperação de lesão. O sinal tangível de que algo mudou. Mas quando você pensa sobre isso, não é novidade. Tudo começou com o jogo diante do Parma há uma semana: distraído com a defesa composta de três homens, quase se esqueceu da exclusão de Justin Kluivert da lista de convocados. Basta perguntar o motivo: o treinador da Roma não gostou do seu treino nos dias anteriores ao jogo. Pouco esforço, um certo desinteresse também ditado pela distração de um mercado iminente que o levaria ao Arsenal: o preço foi a exclusão da lista de jogadores convocados e, em seguida, mais dois jogos no banco sem entrar. Uma mensagem também para todos os outros: não é mais brincadeira.

A partir daí, Cengiz Under também desapareceu dos radares: durante algum tempo em Trigoria eles sinalizaram um compromisso não exatamente impecável. Seu relacionamento com o clube e a equipe talvez tenha terminado em janeiro, quando o turco esperava deixar Roma. A última chance que Fonseca lhe deu em Udine, no meio da crise. Um tempo de tapas e adeus, a partir desse momento apenas banco. Com Zaniolo, a mensagem veio alta e clara: quem comete erros, paga. Até aconteceu com o diretor Gianluca Petrachi, após a carta de demissão enviada pelo clube. Enquanto aguarda uma mudança corporativa, o clube parece querer demonstrar que - em todos os níveis - não é mais hora de brincar.

Roma e Nike firmam acordo de parceria Interrompa o contrato de parceria e patrocínio técnico entre Roma e Nike.

Termina o acordo entre o clube e a fornecedora de material técnico assinado em 12 de março de 2013 com uma data de vencimento prevista para 31 de maio de 2024, foi rescindido antecipadamente e terminará no final da temporada 2019-20. Ao mesmo tempo, Roma e Nike firmaram um contrato válido para a temporada esportiva de 2020-21, segundo o qual a multinacional dos EUA continuará fornecendo ao clube exclusivamente todo o material técnico, de corrida, de treinamento do time principal, da Primavera e do time feminino. "A rescisão antecipada deste contrato comercial permitirá a Roma explorar novas oportunidades no mundo de materiais técnicos e licenciamento", disse Francesco Calvo, diretor de operações de Roma.
Fonte: La Repubblica
P R Avalie

Portale Romanista Brasil © 2004
uCoz