P R
Portale Romanista
Uma Fe' Que Nunca Tem Fim
ANO XIV
ROMA
CULT
ULTRAS
2018/19
TOTTI
BLOG
News Kolarov e Fazio relançam os giallorossi a -1 da quarta posição (20)Nicolò Zaniolo, assim em 7 meses para a Roma e o futebol italiano (54)Bis de Zaniolo, Adrian mantém vivo os lusitanos (41)Tudo fácil para os giallorossi em Verona (26)Zaniolo responde a Piatek, giallorossi protestam na Sul (40)Ultras abandonam a Curva Sul (32)Frustrado, mas não me demito (Di Francesco) (37)Furacão Chiesa sobre Di Francesco (35)Não me capacito, me torno louco (Di Francesco) (45)Roma chock, de 3 a 0 a 3 a 3 contra a Atalanta (36)
P R Alcatéia
ciao, visitante

Login:
Password:


Total Online: 1
Visitantes: 1
Membros: 0
P R Fellas Brasil
P R Últimos Tópicos
Boteco Giallorosso
Nainggolan
Ei?
LENDAS DO PR
Kovacic
P R Blog
P R Tirinhas
P R Portaland
P R Store
P R Sondagem
Porque a Roma não evolui
Total de enquetes: 7
Serie A: Rizzoli: não as entrevistas aos árbitros pós jogo
Postado por: lupulus 29/05/2018 às 12:22

“Devemos esperar que o árbitro esportivo emita seu próprio juízo - afirmou Rizzoli - antes de falar. O objetivo, inclusive em debate atualmente (no que tange essa Geração Var) é conseguir comunicar um pouco mais e fazer entender melhor como são as situações e também como se interpretam geralmente”

Balanço positivo no primeiro ano de Var: “Foi um bom restrospecto, estou extremamente contente”, disse o designador arbitral em ocasião do evento “Geração Var, frame e direitos tv, como muda o futebol por imagens”, organizado na Universidade de Estudos de Nápoles Federico II, traçando um balanço do primeiro ano de Var: “Estou extremamente contente sobretudo pelas prospectivas futuras, porque as margens de melhoramento são sem dúvidas importantes e podemos e devemos trabalhar mais. Temos coisas a melhorar - concluiu Rizzoli - mas estamos extremamente serenos e contentes para o futuro”.

Objetivo Var é eliminar erros não polemicas - “O objetivo do Var não é aquele de eliminar as polêmicas geradas em jogo, mas sim os erros grotescos e gritantes - declarou Nicola - todas as situações que deixam espaço a interpretação em uma maneira mais ampla não é objetivo do Var. Polêmicas fazem parte da cultura italiana, do esporte e da beleza do jogo. Somos todos torcedores, técnicos, árbitros. O objetivo é eliminar os erros.

Var não pode intervir em uma decisão arbitral - “O Var, como protocolo e regulamento, não pode intervir nas situações onde a providencia disciplinar é a aplicação do cartão pelo juiz de jogo - explicou Rizolli ao ser citado o episódio do jogo envolvendo Pjanic no curso da partida entre Juventus e Inter - Isso quer dizer, infelizmente por um lado e pela sorte do outro, não intervir nem mesmo sobre o segundo amarelo. É um pedido que avançaremos por experiência vivida e levaremos em conta a possibilidade de se verificar os segundos amarelos que no momento está fora do protocolo. Isto ainda levanta a questão que se é possível intervir na aplicação do segundo amarelo, porque não o primeiro também. Desta forma, pelo menos no momento, no projeto Var não foi dada a possibilidade de verificar apenas um dos dois, mas nenhum deles”.

Fonte: Ansa
P R Avalie
Portale Romanista Brasil © 2004